Teoria de Voo - Card 04 / Múltipla Escolha

  1. Um automóvel trafega a 80Km/h. Se o vento sopra no sentido contrário com 20Km/h, a velocidade do automóvel em relação ao ar será de :




    A) 100Km/h
  2. Ao grau de variação da velocidade de um corpo que cai em queda livre no espaço, damos o nome de:




    B) aceleração da gravidade
  3. Peso de um corpo é:




    C) todas as acima
  4. Para se manter a velocidade de um avião constante, é necessário que:




    C) D=T
  5. A corda serve de apoio para a resultante das sustentações e que contém o CP, denomina-se:




    B) corda média aerodinâmica
  6. A variação da velocidade, na unidade de tempo, damos o nome de:




    D) aceleração
  7. O ângulo formado entre a corda e a trajetória, chama-se ângulo de:




    C) ataque
  8. A resistência que os corpos oferecem à modificação do seu estado de repouso ou de movimento, chama-se:




    A) inércia
  9. A troca de um motor por outro de maior potência efetiva, sem variação do peso total ou do arrasto, causará aumento de:




    C) teto absoluto
  10. As asas, estabilizadores e hélices são também denominados:




    C) aerofólios
  11. Uma chapa plana perpendicular à direção de escoamento possui maior resistência ao avanço que uma forma aerodinâmica, de mesma área frontal, devido:




    D) ao escoamento tornar-se mais turbulento na parte traseira, formando uma sucção
  12. Para se obter a massa de um corpo:




    B) divide-se o peso do corpo pela aceleração da gravidade
  13. A distância a ser percorrida em voo planado varia com o(a):




    B) altura
  14. A menor velocidade com a qual o piloto consegue manter-se em velocidade constante, denomina-se velocidade:




    B) mínima
  15. Uma aeronave em voo nivelado sofre um fator carga:




    A) igual a 1
  16. Um avião sofre um desequilíbrio lateral e, ao tentar voltar à posição original, desequilibra-se cada vez mais. Neste caso, o avião tem um comportamento estaticamente:




    A) estável
  17. Em voo planado, dois aviões iguais, voando à mesma altitude, com pesos diferentes. O mais pesado terá:




    A) mesmo ângulo de planeio
  18. O efeito da fuselagem influencia, principalmente, a estabilidade:




    D) lateral
  19. Considerando-se a forma de um avião, a mais aerodinâmica possível, se alteramos o ângulo de ataque em 5 graus para cima, a resistência parasita:




    A) não se altera
  20. Envergadura é a distância entre:




    D) uma ponta à outra da asa
  21. Na sua grande maioria as asas dos aviões são feitas com um perfil do tipo:




    D) assimétrico
  22. Como efeito do aumento na área da asa tem-se um(a):




    A) maior ângulo de subida
  23. Quando um avião atinge o ângulo de perda ele:




    C) não estará estolado
  24. A velocidade de estol aumenta com o aumento dos seguintes fatores:




    A) peso e carga alar
  25. Parafuso é um tipo de manobra que pode ser:




    C) comandada ou acidental
  26. Uma hélice de RPM constante consegue manter tal característica através da variação do(a):




    D) incidência das pás
  27. A força centrífuga atua em uma curva para:




    B) fora
  28. Num voo planado, o peso da ACFT não afeta:

    a) a distância e o ângulo de planeio
    b) a razão de descida
    b) a velocidade de planeio
    d) todas as acima
    a) a distância e o ângulo de planeio
  29. Quando o ar passa pela asa de uma aeronave, aparecem duas forças denominadas:




    C) sustentação e resistência ao avanço
  30. Considerando-se a forma de um avião a mais aerodinâmica possível, se alterarmos o ângulo de ataque em 6 graus para cima, a resistência parasita:




    A) não se altera
  31. A menor velocidade com que o avião consegue manter voo reto e horizontal é a velocidade:




    B) de estol
  32. Para se manter um voo horizontal é necessário aumentar a velocidade sempre que diminuir o(a):




    C) área da asa
  33. Em voo horizontal, para aumentarmos a velocidade do avião necessitamos:




    A) diminuir o ângulo de ataque
  34. Alongamento de uma asa é a relação entre a:




    B) envergadura e CMG
  35. A pressão atmosférica padrão ao nível do mar, em milímetros de mercúrio, vale:




    B) 760
  36. O avião ao derrapar é atingido de lado pelo vento relativo. Na sua recuperação entram:




    B) enflechamento e efeito de quilha
  37. O ponto de cruzamento dos três eixos imaginários, em torno dos quais o avião executa seus movimentos básicos, é o centro:




    B) de gravidade
  38. O avião com equilíbrio indiferente é um avião:




    A) perigoso
  39. No ângulo crítico o avião:




    D) tem sustentação máxima
  40. Quando o avião glissa a asa mais baixa tem, em relação à mais alta:




    B) maior sustentação
  41. O avião em subida terá o:




    B) compensador do profundor posicionado para baixo
  42. O movimento de cabrar e picar, é realizado em torno do eixo:




    D) lateral
  43. Ao empurrar o manche para frente o:




    A) profundor abaixa
  44. A força por unidade de área denomina-se:




    A) pressão
  45. A hélice de passo fixo terá bom rendimento:




    D) somente nas condições para as quais foi construída
  46. Na parte mais estreita de um tubo real o ar terá escoamento:




    A) mais rápido
  47. A superfície de comando que tem a maior amplitude de movimentos é o(a):




    A) leme de direção
  48. O teorema de Bernoulli forneceu base para a construção do:




    D) tubo de Venturi
  49. O deslocamento do ar em torno de uma asa produz uma força que empurra a asa para:




    B) trás e para cima
  50. Densidade ou massa específica é o(a):




    B) relação entre a quantidade de matéria e o volume ocupado
Author
Will.Jr
ID
264353
Card Set
Teoria de Voo - Card 04 / Múltipla Escolha
Description
Teoria de Voo - Card 04 / Múltipla Escolha
Updated